Apego

Primeiro surge o objeto que fixa sua atenção.

Cativa.

Enche os olhos.

Ilumina.

Se torna um desejo.

Você automaticamente começa a pensar.

A querer.

A inventar meios de ter.

Instantaneamente do nada você gera o Sofrimento.

Ansiedade.

Irritação.

Esta equação é a base do apego.

O apego é o adubo de todos os sentimentos negativos que vão dia  a dia minando nossa capacidade de ser felizes, plenos e realizados.

Como disse Thoureau :

“Um homem deveria ser rico pelo número de bens que pode dispensar, e não pelos que possui..”

Só para ficar na Letra C

Cadeiras

Camisas

Carros

Colares

Colchões

Chocolates

Casas

Churros

Chiclete

Cafezinho

C………….

 

 

 

 

 

 

Você sai para almoçar e se dirige depois automaticamente para as vitrines que te interessam, a desculpa de sempre é “deixar descer um pouco da comida, fazer a digestão”…

Amante dos esportes, grande jogador de Tênis as terças, quintas e sábado no Clube, como de hábito você se dirige para a Loja de Esportes.

Então surge o  Tênis a sua frente…

Igual ao daquele jogador….

Ultra Vapa Tech Foam Form Puncture Solado System……

Materializa-se na sua frente o objeto…..

Nasce o apego inicial, comumente chamado de “vontade de ter”.

Nada mais existe, somente você e o objeto, e este é um momento fascinante !

Por um lapso de tempo, o trabalho, os clientes, os prazos, as dividas, as namoradas, esposas, cachorros, estômagos com azia, dores nas costas desaparecem por completo !

Seu foco esta ali na frente em forma de Tênis (o nome é muito complicado para escrever de novo), a sensação parece  boa.

Você entra na loja e começa a negociar as opções de pagamento, qual delas vai se encaixar em seu orçamento ?

Com certeza uma delas você vai encaixar no seu orçamento.

Subitamente do nada ocorre um lampejo na sua cabeça enquanto o vendedor fala que faz em até 5 X no seu cartão…. Uma vozinha lá dentro diz que não dá para comprar.

Automaticamente você começa a se distanciar do objeto,  subitamente volta aquele amarginho na boca e o pensamento “comi demais”, a vida esta quase normal enquanto o vendedor te dá o cartão da loja com os preços e condições escritas no verso, e informa que o tênis esta disponível e laranja e lilás, com um alert sistem a noite que permite se acabar a luz na quadra alguém saber que você esta lá.

O cartão escorrega velozmente para o seu bolso, você olha o relógio e chega a conclusão que definitvamente esta atrasado, sem saber direito porque ou para que, você esta atrasado. Meia volta para fora da loja e rumo ao trabalho.

Você esta fisgado pelo apego e agora as coisas só tendem a piorar…..

A tarde no trabalho você começa a achar subitamente que o tênis não era assim tão caro e aquelas condições são ótimas para realizar a compra, uma parte de você começa a justificar racionalmente a “Vontade de ter”, enquanto outra ainda luta desesperadamente para que mais uma divida não se acumule no cartão de crédito.

Depois da reunião com o chefe que não foi boa, afinal seu foco estava meio longe, definitivamente você pensa :

“Eu mereço esse carinho ! afinal me mato de trabalhar e não posso nem comprar um tênis novo ! Ainda mais um Tênis que vai avisar aos outros que eu estou na quadra se faltar a luz !!! Com o apagão isso é muito útil, não tem preço !”

Você esta apegado, e ridiculamente a algo que ainda nem é seu.

Sua racionalidade passa a não existir pois o foco agora de seu bem estar é externo, é um Tênis.

No fim do expediente você vai lá na Loja e compra o  Tênis, em 5X sem juros no cartão com direito a caixa e a garantia que os impulsos de refração do chão no seu joelho serão amortecidos e voltam como força aumentando o seu back hand em 0,9888 mss de força jaule.

 

RESUMINDO :

Você viu um tênis.

Você transformou o tênis como um fator de bem estar em sua vida.

Você aceitou como fatores preponderantes na sua vida a Cor do tênis, o amortecimento de seu joelho, as vantagens de se usar no escuro.

Você criou uma divida para pagar o Tênis.

 

CONTINUANDO :

 

Vamos falar agora das conseqüências de seu apego por este Tênis.

 

–          Na hora em que você estiver jogando verá que por mais maravilhoso que possa ter sido todas as impressões que você tinha dele, você não é melhor por causa do Tênis.

–          Quando você perder ainda culpará o Tênis novo que “mudou o jeito de bater na bola”.

–          Se no dia seguinte a compra surgir alguma outra oportunidade de você “gastar” o seu dinheiro o Tênis passará a ser o “causador” desta “perda” de oportunidade.

–          Depois da euforia inicial da compra (que é em algumas pessoas quase como um êxtase de dependentes químicos), a realidade vai bater a porta e você vai se achar o “pior dos indivíduos”  pensando um monte de adjetivos pejorativos e associando a você e ao Tênis (que burro eu sou gastar uma nota em uma …. de tênis).

–          Se você for casado o Tênis vai se tornar um símbolo de como se gastar dinheiro mal em qualquer debate doméstico.

O Apego gera Ansiedade, raiva, impaciência, sofrimento, tristeza, stress.

 

Aprender que a nossa vida é composta por meios externos que podem ser úteis a nossos objetivos  mas não são em si um fim  é fundamental para que possamos ter uma vida plena sem estarmos nos poluindo com os venenos da mente.

Para entender a importância disso, imagine que os venenos da mente formam pequenos quebra molas e buracos no belíssimo e liso asfalto da sua Rodovia Mental. Quando o seu estado de espírito esta bom e tranqüilo, estes obstáculos são encarados como coisas pequenas que não merecem sua atenção, mas se você esta nervoso ou ansioso estes obstáculos se tornam o combustível ideal para botar fogo em seu pensamento de vez .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s